A JORNADA DA ATLÂNTIDA

Tudo começou 7.000 anos A.C. quando a Atlântida se afundou num oceano desconhecido. Com ela, uma civilização ancestral e muito evoluída desapareceu para sempre. 
Hoje, muito cientistas procuram encontrar a localização deste continente e procuram por vestígios e objectos dessa civilização.

 

-

 

Em 2001 foi descoberta uma pirâmide, no subsolo da Somália durante uma exploração numa mina abandonada. 

Galardoados cientistas e exploradores começaram a recolher pedras preciosas e minerais, mas quando chegaram mais fundo na escavação descobriram Seres Humanos que rapidamente se escondiam nos túneis sombrios.

 

Bem-vindos ao Safarka, que em língua Somali significa “ A Jornada”. Terás a oportunidade de viveres uma história imersiva baseada em factos reais repleta de actores e enigmas.

 

A aventura começa agora!

 

 

 

Personagens

Personagens diferentes têm papéis fundamentais nesta história. Vem conhecê-las, interagir com elas e mudar o rumo da história.

GEORGE FLING

 

Arqueologista por mais de 30 anos, todos o julgam morto. Até agora. Subterrado numa mina no Japão, após um Tsunami ter atingido a costa de Tohoku em 2011.

O seu trabalho de vida foi levado a cabo por um antigo amigo, Samuel, que esconde pedras preciosas com poderes divinos no seu apartamento em Lisboa.

"O céu não é o limite"

SAMUEL NATHAN

Apaixonado por colecionar pedras preciosas, ele viajou por todo o mundo em busca de civilizações antigas e explorando minas abandonadas.

Desde cedo que mostrou aptidão e interesse para os números, física, geologia e medicina, nunca deixando escapar um pormenor.

"Cada local tem um segredo"

OUTROS

Muitas pessoas participam em experiências e aventuras, procurando e explorando a Terra. Umas representam a ciência e a sua evolução, outras a exploração intensiva, a ganância, o materialismo. Vem conhecer a família do Samuel, a sua amizade com o Fling e outras personagens envolvidas nesta história imersiva.